Português

Casa de Cultura Portuguesa oferta 630 vagas em cursos on-line; inscrições seguem até 4 de fevereiro

26 de janeiro de 2021

A Casa de Cultura Portuguesa da Universidade Federal do Ceará recebe inscrições, até 4 de fevereiro, para dois cursos que serão ministrados na modalidade on-line em parceria com os departamentos de Letras Vernáculas e de Literatura. As formações serão realizadas no período de 9 de fevereiro a 24 de março, com duração de 16 horas-aula. Serão ofertadas, ao todo, 630 vagas distribuídas em 63 turmas, com 10 alunos em cada uma delas.

As inscrições para o Curso de Língua Portuguesa: leitura, compreensão e produção de textos em Língua Portuguesa devem ser realizadas via formulário eletrônicoo. A formação contará com turmas às segundas e quartas, das 8h às 9h30min; às segundas e quartas, das 14h às 15h30min; às terças e quintas, das 8h às 9h30min; às terças e quintas, das 14h às 15h30min; e às quartas e sextas-feiras, das 8h às 9h30min. O curso tem como público-alvo prioritário estudantes do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, mas é aberto também a estudantes de graduação, pessoas já graduadas e outros interessados.

Já o Curso de Literatura em Língua Portuguesa: leitura, compreensão e produção de textos de literatura em Língua Portuguesa, que também recebe inscrições através de formulário eletrônico, disponibilizará duas turmas: às terças e quintas, das 8h às 9h30min e das 14h às 15h30min. A formação é voltada prioritariamente a alunos do ensino médio, ainda que aceite inscrições de estudantes de graduação, pessoas já graduadas e público em geral.

resultado das inscrições será divulgado a partir das 17h do dia 5 de fevereiro, no site das Casas de Cultura Estrangeiras da UFC. Dúvidas podem ser tiradas com a Casa de Cultura Portuguesa através do e-mail culturaportuguesa@ufc.br.

Fonte: Casa de Cultura Portuguesa – e-mail: culturaportuguesa@ufc.br

 

Texto disponível em: http://www.ufc.br/noticias/15414-casa-de-cultura-portuguesa-oferta-630-vagas-em-cursos-on-line-inscricoes-seguem-ate-4-de-fevereiro